fbpx

Nutrição esportiva: saiba como se especializar nessa área!

A alimentação é um dos fatores mais determinantes para o desempenho de um atleta. Para tanto, é fundamental a orientação de um profissional especializado. E é por isso que a nutrição esportiva tem se destacado tanto, despertando o interesse de muitos nutricionistas.

No entanto, é preciso ter uma formação adequada, com conhecimentos específicos na área. Afinal, é necessário saber orientar corretamente sobre uma dieta equilibrada em carboidratos, proteínas, lipídios, sais minerais e vitaminas, que ajudam na recomposição muscular, calórica e nutricional.

Ficou interessado sobre o assunto? Neste post vamos mostrar como é a atuação em nutrição esportiva, entre outras informações importantes. Continue a leitura e saiba como se especializar!

Como é a carreira em nutrição esportiva?

A nutrição esportiva é um tipo de especialização voltada para o melhor desempenho de atletas amadores e profissionais. Dessa forma, alia os conhecimentos sobre as necessidades fisiológicas e bioquímicas inerentes à nutrição, com o entendimento da rotina e da prática de diversas atividades físicas.

A diferença de um nutricionista esportivo para os outros, é que, além dos conhecimentos específicos da nutrição, ele também conhece as práticas esportivas. Assim, estuda e desenvolve meios de adaptar a alimentação e a aquisição de nutrientes para o perfil de cada atleta e de acordo com o desempenho desejado.

De fato, já é reconhecido, tanto pelos nutricionistas quanto pelos atletas, o quanto a alimentação adequada ajuda no desempenho esportivo. Mesmo pessoas que praticam esportes e exercícios de forma amadora podem se beneficiar do suporte profissional.

Com isso, o nutricionista esportivo pode se ocupar, por exemplo, das necessidades nutricionais de cada um, recomendando dietas, horários e hábitos alimentares; observando a melhor forma de hidratação para cada atividade; ou ainda, indicando estratégias mais pertinentes para cada situação, como no caso de uma competição.

Quais as principais atribuições dos profissionais?

O nutricionista esportivo é o responsável pelo acompanhamento nutricional de atletas em todas as modalidades, bem como de praticantes de atividades esportivas diversas.

Nesse sentido, trabalha de maneira isolada ou em uma equipe multidisciplinar (médicos, educadores físicos, enfermeiros, entre outros) para a obtenção de um melhor desempenho e a manutenção da saúde das pessoas.

A seguir, confira algumas das atribuições do profissional especializado em nutrição esportiva.

Avalia as necessidades nutricionais

O treinamento esportivo pode gerar alterações no metabolismo e na composição do organismo. Dessa forma, pode exigir algumas adaptações na rotina e na alimentação, com nutrientes específicos.

Para saber quais as necessidades dos atletas, é necessário identificar o valor de alguns indicadores. Um bastante conhecido é o Índice de Massa Corporal (IMC). No entanto, ele sozinho não é suficiente para entender qual é a composição do peso, sendo necessário a utilização de outros que ajudam a perceber qual o perfil de cada esportista.

Estabelece uma dieta adequada às necessidades e ao treino

Diante de perfis de atletas tão diferenciados, a nutrição esportiva tem o desafio de encontrar uma alimentação balanceada, ideal para o tipo de treinamento e as necessidades de cada um. Por isso, não basta entender da parte nutricional, o profissional da área também deve conhecer as peculiaridades de cada prática.

Afinal, a alimentação não é importante apenas para o fornecimento da energia gasta durante as atividades. Ela, ainda, é necessária para a reposição da massa muscular, essencial tanto para o rendimento quanto para a saúde do atleta.

Desenvolve planos para a hidratação

Mas não é só com a alimentação que o nutricionista esportivo deve se preocupar. Isso porque a perda de líquidos é considerável durante a prática de esportes, sendo necessário fazer a sua reposição de maneira adequada. 

Além disso, a hidratação tem um efeito direto no rendimento durante o treinamento e, principalmente, nas competições. Por isso, o nutricionista deve considerar o ritmo de perda de cada atleta, as condições metabólicas e do ambiente para traçar um planejamento da quantidade de líquidos a ser ingerido e de que maneira isso deverá ser feito.

Apresenta soluções específicas

Se a alimentação e a hidratação convencionais não são suficientes, é por meio da nutrição esportiva que o atleta consegue suplementá-las. O nutricionista deve estudar cada caso, propondo os melhores métodos para serem incluídos na dieta.

No entanto, é sempre bom ter cuidado, pois os suplementos devem ser complementares. Por isso é tão importante acompanhar o rendimento e os resultados de perto, uma vez que eles podem ser dispensáveis.

Quais os benefícios de investir nessa área?

A nutrição esportiva é uma área em constante expansão. Os atletas e instituições estão percebendo a importância de se investir no apoio de profissionais altamente capacitados e especializados.

Sem contar que cada vez mais as pessoas têm buscado a boa forma e a saúde, com a realização de todo tipo de atividade física. Junto com esse comportamento, está acontecendo uma mudança no sentido da consciência da prática responsável, embasada em uma alimentação adequada.

Por tudo isso, a verdade é que a nutrição esportiva se apresenta mesmo como uma ótima oportunidade para os nutricionistas. No entanto, uma dúvida que pode passar pela sua cabeça é por que é preciso se especializar na área.

Ora, como mencionamos, o nutricionista esportivo precisa relacionar corretamente às necessidades nutricionais a diferentes atividades físicas. Ou seja, além de estudar o perfil de cada paciente, precisa entender o que ele precisa para ter os melhores resultados no esporte ou nos exercícios físicos que pratica, além de manter uma boa saúde.

No entanto, esses conhecimentos dificilmente vêm somente da prática. Afinal, a rotina de um nutricionista generalista inclui o relacionamento com diferentes perfis de pacientes, com necessidades e problemas muito distintos. Nem sempre a graduação fornece a base necessária para lidar com tantas situações.

De qualquer forma, assim como outras áreas de atuação, a nutrição esportiva exige cada vez mais conhecimentos especializados e profissionais engajados. Portanto, pesquise, se informe e converse com outras pessoas do meio. Vale a pena conhecer e investir em uma especialização que amplie seus horizontes profissionais.

Gostou de saber mais sobre a nutrição esportiva? Quer aprofundar em temas relacionados? Então, baixe o e-book sobre o cálcio e sua importância para o fortalecimento dos ossos e dentes!

Comentar