fbpx

Veja os 4 principais desafios na gestão de uma clínica de nutrição

Última atualização em

Conseguiu tirar do papel os seus planos de abrir um negócio e acredita que agora tudo será mil maravilhas? Infelizmente não! Claro que você já deu um enorme passo, que é tornar a sua clínica real. Contudo, existem outros desafios. Afinal, para manter um negócio de pé  independentemente do segmento —, é necessário “matar um leão por dia”. 

Agora, o grande “X” da questão é: como ter sucesso na gestão de uma clínica de nutrição? Até porque uma boa administração é o fator determinante para ter êxito. Interessou-se pelo assunto e quer conhecer, então, os principais desafios relacionados à gestão e, claro, como superá-los? Continue a leitura!

1. Definir uma meta palpável

Pense bem: como saber aonde chegar se não existe nenhum plano ou meta estabelecidos? Perceba, nesse contexto, a importância de determinar objetivos. No entanto, tenha cuidado nesse momento  definir objetivos é muito diferente de apenas colocar em uma folha quais são os seus sonhos. 

É preciso traçar um plano de ação compatível com a realidade do seu negócio, estabelecendo metas que podem, de fato, ser alcançadas. Caso contrário, você e sua equipe se sentirão frustrados ao notar que é impossível conquistar o cenário desejado. Seja realista e estipule objetivos palpáveis  tanto em curto quanto em médio e longo prazos.

2. Fazer uma boa gestão financeira

Ter controle financeiro é um dos principais desafios das empresas, incluindo as clínicas de nutrição. Fato é que a gestão dos recursos merece atenção redobrada, uma vez que está diretamente ligada ao sucesso ou ao fracasso do estabelecimento. Por isso, é importante ter, na ponta do lápis, todas as transações financeiras. 

Nesse sentido, anote as saídas e entradas e controle bem o fluxo de caixa. Assim, você evita a tão temida “bola de neve”, que pode, até mesmo, levar o seu negócio à falência. Para garantir o saldo no azul, a conta é simples: jamais gaste mais do que ganha, ou seja, as despesas devem ser menores do que a receita.

3. Investir em marketing

O marketing deixou de ser um diferencial e tornou-se pré-requisito no mundo dos negócios. Em um mercado marcado pela alta competitividade, as clínicas que investem em estratégias efetivas de comunicação saem na frente da concorrência e conquistam mais clientes. Afinal, como já alertava a sabedoria popular: “quem não é visto não é lembrado”.

Se ainda não divulga a sua clínica, comece a pensar na possibilidade de contratar um profissional da área de comunicação, que vai desenvolver um plano de marketing que dialogue diretamente com o perfil do seu público-alvo.

Vale ressaltar que as ações podem ser realizadas nos meios tradicionais, como televisão e rádio, assim como no ambiente virtual, como redes sociais e sites. Lembre-se, aqui, de que o marketing digital veio para ficar e, atualmente, tem conseguido ampliar, com facilidade, o alcance das marcas.

4. Ter um atendimento humanizado

Com certeza, você já se deparou com algum atendimento desqualificado, daqueles em que você perde até a vontade de fazer a compra, não é mesmo? Em contrapartida, também existem atendentes que são muito simpáticos e conseguem cativar de tal forma que você adquire mais itens do que precisa, certo?

Com suas próprias experiências, é possível tirar uma lição valiosa: que o atendimento faz toda a diferença no processo. Que tal, então, oferecer um curso especializado para a sua equipe, deixando-a apta a exercer um trabalho impecável? Lembre-se de que o cliente quer se sentir único e especial. Nada mais sábio, então, do que apostar em um atendimento humanizado.

Para conseguir trilhar um caminho vitorioso, você precisa se preocupar com todas as áreas inerentes ao negócio  desde a contabilidade, passando pela qualidade do serviço, até a contratação da equipe. Somente assim, você conseguirá manter o devido equilíbrio e a harmonia na gestão de uma clínica de nutrição. 

Quer dicas, agora, de como calcular os preços do seu serviço? Preparamos um conteúdo especial que vai ajudar a definir os valores da consulta. Confira!

Comentar