fbpx

Saiba como prevenir conflito de interesse na área de nutrição

A ética é uma regra básica para qualquer profissional que almeja desenvolver um trabalho consistente e sério na área em que atua. No entanto, essa prática nem sempre previne o profissional de sofrer com problemas. Por exemplo, na área da nutrição, é comum se deparar com o conflito de interesse. 

Se você ainda não viveu uma situação do tipo, desconhece estratégias para sair dela ou não sabe o que é, este artigo é para você. Continue a leitura!

O que é conflito de interesses?

O conflito de interesse pode ser definido como uma situação em que há embate entre deveres pessoais e profissionais, ou mesmo interesses pessoais e financeiros. Isso  pode interferir e dificultar o cumprimento de obrigações de maneira justa na profissão. 

Em geral, o conflito é de natureza financeira, o que pode afetar o julgamento do profissional de maneira ainda mais significativa.

Imagine um nutricionista que atua nas compras de um hospital, e recebe uma viagem de um fornecedor de produtos nutricionais e escolhe este fornecedor, dentre várias opções. 

Ou seja, houve um conflito de interesse por parte do nutricionista. O quadro pode se agravar ainda mais se os outros fornecedores de produtos similares ofereçam preços mais competitivos e qualidade superior. 

Quais as situações mais comuns que ocorre conflito de interesse?

O conflito de interesse pode acontecer em processo de licitação, por exemplo. Contudo, existem várias situações que podem ser enfrentadas por nutricionistas, em seu cotidiano. 

Entre elas, está o ato de aceitar presentes que influenciam o fechamento de contratos de gestão, com vendedores. No caso dos presentes, desde trivialidades, como amostras e itens de escritório até viagens, jantares, equipamentos e livros, podem influenciar decisões. Ao oferecer presentes, os provedores esperam receber a preferência do nutricionista. 

Como se prevenir e lidar com o conflito de interesse na área de nutrição?

Por mais que algumas situações pareçam inofensivas, como aceitar itens promocionais, é crucial que o nutricionista saiba como se prevenir e lidar com os conflitos de interesse. Afinal, trata-se de uma questão ética.

Inicialmente, é preciso entender o que é certo ou errado no exercício da profissão. O comportamento antiético resultará em ações que violam valores estruturais e obrigações pregadas no código de ética da área, levando a uma conduta profissional duvidosa.

Quais os cuidados necessários para evitar esse tipo de situação?

Algumas ações podem ser bastante úteis para evitar essas situações. A primeira delas é identificar a existência de um conflito de interesse em potencial. Quando detectá-lo, revele à instituição a existência dessa possível dissidência, para que ela possa ser eliminada.

Por exemplo, defina junto aos gestores algumas regras que proíbam a contratação de parentes, profissionais com vínculo afetivo e amigos. Além disso, é necessário estabelecer critérios claros para avaliação do prestador de serviço, evitando a subjetividade.

Dispor de um termo de compromisso assinado pelos profissionais também é bastante útil, sobretudo com cláusulas que restrinjam a relação financeira com produtos envolvidos em sua prática profissional.

Ademais, o comprometimento com as necessidades do cliente, visando custo, segurança, eficácia e confiabilidade deve ser uma preocupação do nutricionista. Afinal, é preciso oferecer alternativas sem interferências pessoais.

Situações que geram conflito de interesse no dia a dia do nutricionista são mais comuns do que se imagina. Logo, cabe a você o cuidado e a busca por uma prática ética, como destacamos nesse último tópico.

Para continuar lendo conteúdos como esse, nos siga nas redes sociais e acompanhe as novidades que postamos. Estamos no Facebook e Instagram!

Comentar