fbpx

Padronização do Processo de Cuidado em Nutrição: entenda mais!

Última atualização em

Um grande problema da área de nutrição era a falta de padronização específica à profissão. Embora ainda esteja engatinhando no Brasil, a padronização do Processo de Cuidado em Nutrição (PCN) fora do território nacional é uma realidade que merece atenção dos profissionais.

Pensando em elucidar melhor o assunto, explicaremos, a seguir, o que é essa padronização e quais as razões para adotá-la na sua rotina de trabalho. Confira!

O que é a padronização do Processo de Cuidado em Nutrição?

Até 2006, quando foi criada a padronização do PCN pela Academy of Nutrition and Dietetics (AND), não existia um padrão de rotina de trabalho do nutricionista. Por isso, ela é um marco de grande importância para a área.

A terminologia está documentada no Nutrition Care Process and Terminology (NPCT). Para facilitar o trabalho, foi criada a eNPCT, que é um documento online atualizado constantemente com a terminologia.

O material padroniza nomes, códigos para instrumentos e medidas de avaliação/reavaliação para diagnósticos específicos em nutrição, intervenções realizadas por nutricionista e, também, monitoramento/aferição de resultados. O material está disponível no site da AND, e a versão traduzida para o português está em vias de revisão.

Os profissionais dos países mais desenvolvidos do mundo já adotaram o PCN. Por essa razão, as associações e academias estão trabalhando intensamente no treinamento dos nutricionistas e na facilitação da implantação em prontuários eletrônicos.

Quais as razões para adotar a padronização no seu trabalho diário?

Existem muitos motivos pelos quais a padronização é fundamental. Acompanhe!

Promover a melhoria da qualidade do atendimento

Não há dúvidas de que a padronização do PCN pode gerar grandes benefícios. O trabalho fica mais organizado e ágil. Com isso, há uma melhora na qualidade do atendimento. Também, a padronização dos passos, relativos aos cuidados com os pacientes, conduz o nutricionista ao desenvolvimento de um pensamento mais crítico.

Melhorar a comunicação entre profissionais da área

Se todos os nutricionistas do mundo falarem a mesma língua em relação aos seus serviços, por meio de códigos, certamente o resultado será a melhoria da comunicação global entre eles.

No entanto, essa melhoria da comunicação também pode ocorrer com outros profissionais tanto da área da saúde como de outros segmentos — e, também, com fontes pagadoras dos serviços.

Ajudar na gestão de serviços

A padronização do Processo de Cuidado em Nutrição ajuda na gestão. A prática padronizada melhora produtividade, eficácia e qualidade dos seus serviços.

Auxiliar na documentação em prontuários

Os prontuários, eletrônicos ou não, são documentos fundamentais para o controle de dados dos pacientes e para a comunicação. A padronização do PCN, principalmente em prontuários eletrônicos, facilita a documentação e a análise dos resultados da intervenção do profissional.

Melhorar a visibilidade do nutricionista

A padronização do Processo de Cuidado em Nutrição ajuda o nutricionista a ter maior visibilidade no mercado. Isso porque o trabalho organizado leva a uma maior eficácia nos resultados. Quanto mais eficazes os serviços, maior o reconhecimento do nutricionista perante outros profissionais, clientela e sociedade.

A padronização do PCN veio suprir uma necessidade latente da área: maior eficiência na atuação profissional. Com isso, a recompensa é a maior satisfação e reconhecimento na carreira. E esses benefícios não têm preço!

Esperamos que o nosso artigo tenha trazido esclarecimentos a respeito da padronização do Processo de Cuidado em Nutrição. Para continuar acompanhando as novidades e ler mais materiais como este, curta a nossa página no Facebook! Até a próxima!

3 Comments

  1. Edineide Sarmento Pinto

    Nossa! eu estava precisando de um artigo assim. Parabéns! é por isso que confio e acredito muito no que vocês fazem.

  2. Livia Ribeiro

    De fato Nutrição pé um tema que qualquer pessoa comenta mesmo sem ter bases cientificas, temos que ter um bom padrão de cardápios mostruários de produtos, suplementos, dietas enterais e fórmulas especiais, para darmos informação correta, seja para um Médico, seja para um leigo no assunto ou paciente, ou até mesmo autoridades locais.

  3. Livia Ribeiro

    O nível que eu tenho é de Especialização lato sensu, fiz na CEDAS SÃO CAMILO RJ, onde tive uma visualização melhor do que seria o trabalho, e que poderíamos não só entrar para Ambulatórios, realizarmos consultas e visitas domiciliares de pacientes.
    Obrigada pela divulgação do seu trabalho , já vi muitos pacientes com patologias severas e graves, com alguma alteração do metabolismo e drogas fortes, onde necessitam de uma modificação da dieta e até suplementação, ou uso de nutrição enteral, e até mesmo fórmulas especiais pediátricas. Onde além de poder orientar uma alimentação saudável, natural e equilibrada, onde podemos sugerir diversos produtos para pacientes e até pessoas jovens, adultos e idosos que queriam usar os produtos para melhorar a qualidade de vida e reduzir o peso corporal.
    Quando fui aluna na UNIRIO, ainda não era bem visualizada, e o pessoal achava que era do fundão, que o pessoal tentava estudar sobre o assunto, mas não se definia, e os pacientes definhavam, desnutriam e não melhoravam a imunidade.
    De fato o estudo dos prontuários, e o uso da bioética, já que começamos a estudar através do centro de ciências biológicas, é o mais adequado, até no setor público.
    Muitas vezes, uma prática nutricional instala-se antes de sua avaliação científica, quanto à eficácia e segurança. Alguns destes hábitos é de que eles confiam mais nos treinadores, colegas, revistas, sites eletrônicos especializados em suplementos para vendas de suplementos para Nutrição esportiva.
    E sabemos que por causa da Medicina, eles confiam pouco nos dietistas e Nutricionistas, para sugerir fontes de alimentos, dar sugestões de orientação nutricional, quando comparadas em clientes não atletas. Todo este modismo e desinformação quanto à Nutrição, ficam disponíveis sites especializados em condicionamento físico, em busca de uma performance melhor.

Comentar