fbpx

O que é marketing nutricional e quais estratégias posso adotar?

Última atualização em

Produtos light, diet, ricos em fibras, orgânicos e vitaminados lotam as prateleiras dos supermercados. A variedade aumenta a cada dia e não é surpreendente que muitas pessoas se confundam na hora de ler e desvendar os rótulos para decidirem o que levarão para casa. 

Do mesmo modo que a diversidade de produtos alimentícios no mercado aumenta, as pessoas também têm, gradualmente, buscado manter uma alimentação saudável e uma melhor qualidade de vida. De acordo com uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), 8 em 10 brasileiros se esforçam para comer bem. Assim, a procura pelos melhores alimentos para pôr no carrinho do supermercado não se limita apenas ao sabor ou preço, mas ao seu valor nutricional.

É nessa busca por mais saúde que, combinada à abundância de informações nos rótulos, entra a importância deste tipo de marketing. Continue lendo para descobrir o que é marketing nutricional e saber como você pode aplicá-lo em sua vida profissional!

Afinal, o que é esse tal marketing nutricional?

O marketing nutricional consiste em uma série de estratégias que têm como objetivo fornecer aos consumidores informações de caráter nutricional a respeito de produtos alimentícios. As principais ferramentas desse tipo de divulgação são os rótulos de alimentos e as propagandas nutricionais — comumente encontradas nas embalagens em forma de anúncios como: baixo teor de gorduras, alimento enriquecido com vitaminas e outras do tipo.

No entanto, para que o marketing nutricional cumpra seu objetivo de maneira satisfatória, é preciso que o consumidor tenha conhecimento a respeito das informações contidas nos rótulos dos alimentos: o que significam os seus componentes, qual seu efeito para o corpo e o que ele deverá procurar nos produtos que consome para ter mais qualidade de vida. É nesse momento que seu papel como nutricionista torna-se sumariamente importante.

Por que eu deveria apresentá-lo aos meus clientes?

Como foi dito, é crucial para um processo de educação que o consumidor tenha amplo entendimento sobre quais são as informações nos rótulos às quais ele deverá prestar atenção para que possa atingir seu objetivo com a alimentação. 

Dessa maneira, um cliente que possui como meta o emagrecimento, por exemplo, sem ter informações completas sobre o que significa cada parte do rótulo de um alimento, pode buscar comprar apenas produtos com valor calórico reduzido, passando batido por elevadas taxas de sódio ou açúcares naquele mesmo alimento. 

Como nutricionista, fornecer conhecimentos acerca da leitura esclarecida das informações nutricionais dos alimentos é uma prática que o concederá um diferencial como profissional, além de ajudar seus clientes a conquistarem suas metas com mais rapidez e saúde por meio de mudanças no comportamento de consumo.

Quais são os cuidados que devo ter?

Apesar de parecer uma prática de fácil incorporação no dia a dia da carreira, é preciso levar em conta que é necessário muito conhecimento a respeito da rotulagem de alimentos e das estratégias que as empresas alimentícias empregam na divulgação das vantagens de seus produtos.

Portanto, busque estudar bastante sobre marketing (também pode ser útil para fortalecer a sua marca!) e faça a leitura atenta dos rótulos dos produtos quando for ao supermercado — se você já estiver acostumado às quantidades de cada componente presentes em um alimento saudável, será mais fácil dizer aos seus clientes o que eles devem buscar ao fazerem compras.

Além disso, pesquise e entenda mais sobre a nutrição funcional. Essa tendência crescente da preocupação com a qualidade da alimentação é proveniente desse tipo de nutrição, que atua de forma preventiva e tem tudo a ver com a busca pela melhoria da saúde por meio de uma boa alimentação.

Quais são as melhores estratégias para colocar isso em prática? 

O estudo e a capacitação a respeito do marketing nutricional, além do conhecimento acerca do processo de rotulagem de produtos, são necessários tanto para nutricionistas que atuam em consultórios ou hospitais quanto para aqueles profissionais que buscam uma atuação em empresas de alimentos, no desenvolvimento ou controle de qualidade de itens alimentícios. 

Em ambos os campos de atuação, o marketing em nutrição se faz extremamente relevante — tanto no desempenho da função de nutricionista em uma empresa como para a informação dos clientes ou consumidores. Por isso, uma boa estratégia para a conscientização sobre rótulos de alimentos e consumo consciente é a fabricação de materiais informativos para deixar no consultório, distribuir para clientes ou veicular no site da companhia.

Há boas ferramentas para ajudar a implementar o marketing nutricional em meu consultório?

A tecnologia torna-se cada dia mais presente e indispensável em nossas vidas. Há alguns aplicativos que auxiliam nutricionistas e seus clientes na elaboração de um cardápio ou na consulta do valor calórico de alimentos.

Ao falarmos exclusivamente de marketing nutricional também podemos apresentar algumas ferramentas — tecnológicas ou não — para que você domine as estratégias dos fabricantes de alimentos e seus clientes tenham mais facilidade ao procurar as melhores opções nas prateleiras do supermercado. 

No aplicativo Desrotulando, basta escanear o código de barras do produto para obter as informações nutricionais, pontos positivos e negativos e avaliações do item. O aplicativo não substitui uma visita ao nutricionista ou a compreensão técnica dos componentes do alimento, mas é uma ótima opção para facilitar o consumo consciente.

O app Foodvisor (ainda não disponível em Português) também traz a função de leitura das informações nutricionais a partir do scanner do código de barras, além de possibilitar que o usuário tire uma foto da comida e receba seu valor calórico e uma relação dos macronutrientes presentes no alimento. 

Por fim, já pensou em utilizar a gastronomia como ferramenta para usar melhor o marketing nutricional? Com o conhecimento acerca da preparação dos alimentos e de receitas diferentes, o profissional da nutrição pode indicar o consumo de opções saudáveis e como prepará-las de maneira saborosa. Além disso, essa é uma forma de marketing nutricional, que visa divulgar a versatilidade dos produtos.

Esperamos que você tenha compreendido o que é marketing nutricional, suas oportunidades e desafios. Está pronto para começar a incorporar algumas práticas no seu cotidiano profissional?

Gostou deste artigo? Conhece amigos nutricionistas que ainda não sabem o que é marketing nutricional? Compartilhe esse post nas redes sociais e propague esta informação!

Comentar