fbpx

Nutrição infantil: vale a pena investir nessa área?

É cada vez mais comum mães e pais se preocuparem com a alimentação de seus filhos ainda nas primeiras fases da infância. Isso se deve a uma variedade de fatores, sendo que um dos principais é o aumento da obesidade infantil.

O índice de crianças obesas cresceu dez vezes nas últimas quatro décadas, de acordo com um estudo feito Imperial College London e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), reforçando a importância da nutrição infantil. 

Não por acaso, essa área da nutrição sofreu um aumento na demanda por profissionais qualificados. Neste artigo, mostraremos por que vale a pena seguir por esse caminho, bem como os benefícios de se especializar na área. Confira!

O que é nutrição infantil e como ela funciona? 

A nutrição infantil é a área da nutrição focada na saúde e bem-estar de crianças. O trabalho de um profissional especializado na área começa ainda na gravidez da mãe, passando pelos primeiros dias de vida e seguindo até a adolescência. 

A importância do segmento se dá principalmente nos primeiros dois anos de vida da criança. Conhecida como a teoria dos mil dias, essa fase compreende uma programação metabólica que tem forte influência tanto na prevenção quanto no desenvolvimento de doenças na fase adulta. Por isso, é fundamental o acompanhamento nutricional nessa etapa da vida, checando de perto os nutrientes que são consumidos pela criança. 

Para que a atuação do nutricionista que trabalha com pediatria funcione, é necessário que ele saiba a hora de introduzir os alimentos para a criança e tornar o cardápio mais atrativo e saudável para ela. Como dissemos, o processo deve iniciar ainda na gestação e acompanhar todo o crescimento. 

Logo, a intervenção do nutricionista deve ser baseada no respeito às necessidades nutricionais e nas preferências de cada fase da vida. Vale ressaltar que o gosto por alimentos saudáveis é aprendido, o que faz com que o processo demore um tempo até ser consolidado.

Por isso, faz parte da atuação profissional uma aproximação dos pais, para que eles disponibilizem frutas, legumes e verduras de maneira acessível para o filho. 

Quais os benefícios de se especializar na área? 

O mercado em expansão é um dos principais atrativos para os profissionais que desejam se especializar na área de nutrição infantil, mas há uma lista de benefícios para aqueles que optam por seguir por esse caminho. A seguir, veremos quais são eles! 

Abordagem mais dinâmica

Um dos diferenciais do profissional que atua na área de nutrição infantil é justamente a possibilidade de um trabalho mais dinâmico. Isso se transforma em uma vantagem, visto que o nutricionista tem um leque maior de possibilidades de trabalho e atuação junto aos seus clientes, que são as crianças, e os pais ou responsáveis que os levam no consultório.

Ainda sobre a questão da dinamicidade, podemos destacar, inclusive, que o profissional pode tornar o tratamento nutricional mais divertido para o cliente. Ou seja, estimulando-o por meio de cardápios coloridos, e também com medidas educativas que conscientize os pais e a criança sobre a importância da alimentação. 

Auxílio na formação da criança 

Um dos principais benefícios da especialização em nutrição infantil é o auxílio que o profissional pode oferecer para a formação da criança. A maneira como o indivíduo se alimenta desde os seus primeiros dias é importante e tem impacto direto ao longo da sua vida. 

Logo, quando o profissional detém conhecimento sobre como fazer a introdução alimentar, ele terá mais facilidade para estimular os pais a  prepararem alimentos mais saudáveis, dando o exemplo para as crianças, mas também criando um ambiente ideal para a alimentação. 

Diminuição da obesidade e incidência de outras doenças 

Os maiores desafios nutricionais da atualidade estão ligados ao aumento da obesidade infantil e a outras doenças relacionadas à alimentação. O nutricionista especializado na área infantil tem um papel de destaque na educação da criança, mas também da família em relação ao consumo de fast food, por exemplo. 

Apesar de prático e rápido, o fast food deve ser evitado e cabe ao profissional não só mostrar as alternativas aos pais, mas também ajudá-los a lidar com situações em que as crianças insistem em apenas ingerir um tipo de alimento. Tudo isso contribui para a maior conscientização da necessidade de cuidados com a saúde e diminuição de doenças.

Atuação em instituições de ensino 

A demanda por nutricionistas especializados na área infantil é cada vez maior nas instituições de ensino. Por isso, uma das vantagens da qualificação na área é justamente poder atuar em um espaço com crianças de diferentes idades e demandas. 

Isso permitirá ao profissional desenvolver um trabalho de elaboração de cardápios que atendam indivíduos com determinados tipos de intolerância, por exemplo. Mas não é só isso. Ele ainda poderá focar em ensinar as crianças sobre alimentação saudável, mesmo estando longe dos pais, criando a consciência da importância de determinados hábitos. 

Aprendizado sobre a suplementação

A suplementação infantil só pode ser prescrita por um profissional especializado na área. A própria indústria alimentícia, antes mesmo de colocar um produto destinado a crianças no mercado, precisa ter sua tabela nutricional avaliada. 

Sendo assim, um dos grandes benefícios de quem se qualifica na área é poder obter uma experiência rica, além do consultório. Consequentemente, isso contribui para que o profissional não só desenvolva um trabalho de maior qualidade no futuro, como também obtenha maior reconhecimento e confiabilidade do mercado. 

Ampliação do campo de estudo 

Outro benefício para quem se qualifica na área de nutrição infantil é a possibilidade de ampliação do campo de estudo. Isso significa maior qualidade e precisão na hora de definir diagnósticos em nutrição.

A alimentação está ligada não só a hábitos, mas também a fatores psicológicos, culturais e sociais. Consequentemente, o especialista consegue ampliar os seus conhecimentos e entender o porquê de algumas doenças ligadas à alimentação, contribuindo inclusive no trabalho de outros profissionais como psicólogos, pediatras e educadores. 

Por que se especializar no Instituto Cristina Martins?

Sabemos que qualificação é coisa séria e, por isso, os cursos do Instituto Cristina Martins prezam pela máxima qualidade na formação de seus alunos. A especialização em Nutrição de Crianças e Adolescentes é reconhecida pela sua excelência e pela abrangência de habilidades com as quais qualifica o profissional. 

O nutricionista aprenderá métodos e técnicas de avaliação de estado nutricional em crianças e adolescentes, e também a explorar ferramentas educacionais que visem a conscientização desse grupo. Além disso, terá contato com a pesquisa científica sobre a nutrição infantil e muito mais!

A área de nutrição infantil é bem ampla, como pudemos ver ao longo do artigo. O trabalho de um profissional especializado é essencial e promissor para as gerações futuras, visto que a alimentação saudável deve ser introduzida desde os primeiros anos de vida. 

Então, ficou interessado em se especializar na área? Entre em contato conosco e conheça o nosso curso!

Comentar