fbpx

Gestão de inadimplência: conheça as melhores práticas para reduzir em seu consultório

Administrar um negócio nunca é uma tarefa simples. Entre os vários desafios enfrentados pelos gestores está a gestão de inadimplência. No entanto, esse desafio é ainda maior na área da saúde, uma vez que pode ser muito complicado cobrar de um cliente sem perdê-lo.

Assim, é fundamental ter organização, um bom controle sobre as finanças e, principalmente, um ótimo relacionamento com os clientes. Ainda não sabe como fazer isso na prática?

Neste post apresentamos algumas dicas de como fazer gestão de inadimplência. Continue a leitura e descubra como implementar no seu consultório de nutrição!

Mantenha um cadastro atualizado

A nossa primeira dica é uma das mais importantes. É fundamental manter o cadastro dos clientes sempre atualizado, com informações completas e recentes. Afinal, como você vai conseguir cobrar de alguém se nem mesmo consegue entrar em contato com a pessoa? Não dá para esperar o momento da cobrança para atualizar esses dados.

Para tanto, sempre que puder, confirme as informações dos clientes. Isso pode ser feito antes de uma consulta, com a alteração da ficha cadastral ou dos dados em um sistema de gestão. Não se esqueça de solicitar os dados mais importantes, como telefone e endereço.

Automatize o controle de pagamento

Muitos profissionais deixam de cobrar dos clientes simplesmente por não se sentirem confortáveis com a situação. De fato, a gestão de inadimplência não é nada agradável, mas é um mal necessário. Caso contrário, você pode comprometer o faturamento do seu consultório.

Assim, uma forma prática e menos desagradável de cobrar os clientes é automatizar o processo de controle de pagamentos e cobranças. Logo que é feito o atendimento, um software gera uma fatura e um boleto de cobrança.

Se o boleto não for pago, o sistema envia mensagens automáticas de cobrança. Além de ser uma forma impessoal de cobrar pela consulta, você passa uma imagem de profissionalismo e modernidade.

Adote meios de pagamento variados

Existem diversos motivos para uma pessoa ser inadimplente. Entre eles está a dificuldade de quitar a dívida por falta um meio de pagamento alternativo ao dinheiro. Se é apenas uma desculpa ou não, o melhor é não dar margem para essa situação.

Portanto, adote diversas formas de pagamento das faturas, que podem ser escolhidas tanto na hora que o cliente é atendido quanto no caso de haver inadimplência. Além do dinheiro, é bom seu consultório aceitar cartão de crédito e débito, boleto bancário, Paypal, depósito em conta, entre outros. Inclusive, essa diversidade pode ser um diferencial na hora de atrair novos clientes.

Invista em comunicação com o público

Mas a melhor prática de gestão de inadimplência é mesmo um bom relacionamento com os seus clientes. Eles precisam ser conscientizados sobre a importância de manter suas contas em dia.

Por isso, converse, escute, interaja, enfim, invista na comunicação com o seu público. Demonstre o quanto está disposto a negociar e encontrar uma solução que atenda às duas partes.

Por fim, devemos ressaltar que nem sempre a gestão de inadimplência vai ser eficaz. Dessa forma, é muito importante se preparar para qualquer imprevisto. Uma boa organizada nas finanças ajuda a se prevenir e evitar que a falta de um pagamento seja um problema maior do que ele realmente é.

Agora queremos saber a sua opinião! O que achou dessas dicas? Como você faz para reduzir o número de inadimplentes? Deixe sua resposta nos comentários abaixo!

Comentar