fbpx

Equipamentos para nutricionista: veja quais são essenciais para seu consultório

Para que um nutricionista possa atender com qualidade os seus clientes, ele precisa não só de uma boa formação, com especializações, por exemplo, mas também de equipamentos que ajudarão a potencializar a atuação!

Muitos profissionais saem das universidades e desejam montar seus próprios consultórios. E essa é mesmo uma alternativa interessante! Mas, para ter sucesso na área, é preciso seguir algumas etapas a fim de escolher os equipamentos essenciais!

Neste post, listamos tudo o que é essencial possuir em seu consultório, confira!

Quais os principais equipamentos para nutricionista?

O trabalho de um nutricionista consiste em realizar consultas, provendo avaliação, diagnósticos e intervenções em nutrição. Para garantir a precisão da avaliação e diagnósticos, pode ser interessante utilizar alguns equipamentos específicos, como os que veremos a seguir:

Adipômetro

O adipômetro é um equipamento que tem como finalidade medir a espessura do tecido adiposo nas diferentes partes do corpo. As medidas obtidas são colocadas em equações que ajudarão a determinar, por exemplo, o percentual de gordura do cliente.

O instrumento também serve para acompanhar a perda de gordura em diversas partes do corpo. Ele oferece uma medição precisa e pode ser utilizado no abdômen, na coxa, no tríceps e na axila média, por exemplo.

Hoje, o mercado conta com adipômetros dos mais diferentes tipos, desde os mais simples, fabricados em plástico, até os mais modernos, com funcionalidade analógica e também digital.

Vale lembrar que a ferramenta pode apresentar escalas em milímetros ou em décimos de milímetros.

Balança

A balança é utilizada para a medição do peso corporal. O dado serve de base para avaliar o resultado das intervenções em nutrição, quaisquer que sejam os objetivos buscados por elas, como perda ou ganho de peso.

Há diversas versões de balanças disponíveis, desde as analógicas até as digitais. Algumas incluem análises adicionais, como de bioimpedância, capazes de discriminar a composição corporal de uma pessoa. Ou seja, esses modelos mais sofisticados medem o peso e também a quantidade de gordura e água corporal, massa muscular, altura, entre outros.

Falando em bioimpedância, este método é prático e ajuda a obter resultados da composição corporal com precisão. Por isso, se a balança não tiver essa funcionalidade, esse aparelho também pode ser interessante para sua prática no consultório.

Estadiômetro

Algumas balanças são capazes de medir a altura do cliente durante a consulta. No entanto, você, como nutricionista, precisa de números precisos, o que faz da presença do estadiômetro um instrumento essencial.

Por meio dele, é possível fazer a medição manual da altura da pessoa, inclusive. Existem modelos que podem ser fixos nas paredes, mas também há os portáteis e digitais. O interessante é ter as duas opções, caso precise realizar consultas fora do seu consultório.

Trena antropométrica

A trena antropométrica é uma substituta da fita métrica e serve para fazer a medição corporal com maior precisão.

Devido à sua maior flexibilidade, ela permite avaliar perímetros e circunferências do corpo, mais usados no caso de crianças e, também, de pessoas obesas.

Por meio dessa ferramenta, o nutricionista pode acompanhar a evolução do cliente. Além disso, com a precisão oferecida por ela, é possível aplicar números reais nas equações, por exemplo, de IMC, e dar um parecer mais preciso sobre a intervenção em nutrição sendo realizada.

Antropômetro, dinamômetro, pedômetro e esfigmomanômetro

Cada um desses instrumentos serve a um propósito bem específico na área nutricional. O antropômetro, por exemplo, tem a mesma funcionalidade do estadiômetro, mas, ao contrário dele, permite medir o comprimento da pessoa no sentido horizontal.

Já o dinamômetro é utilizado para medir a força física do indivíduo durante a avaliação. Existem duas opções: o manual e de costas ou o de pernas, dando a precisão necessária ao nutricionista sobre a força do indivíduo.

O pedômetro, por sua vez, é uma ferramenta digital que calcula o número de passos dados por uma pessoa no decorrer de um dia. Alguns equipamentos oferecem funcionalidades como distância percorrida e gasto calórico.

Por último, está o esfigmomanômetro, que é um aparelho de medir a pressão. Ele ajuda a medir tanto a pressão sistólica quanto a diastólica do indivíduo avaliado.

Monitor de frequência cardíaca

O monitor de frequência cardíaca é uma ferramenta que serve para monitorar os batimentos cardíacos por minuto, explicitando a frequência cardíaca.

Ele permite ao nutricionista identificar a frequência em repouso ou não, ajudando na melhor compreensão do funcionamento do organismo e informando quando os batimentos aceleram ou desaceleram.

Vale ressaltar que esse instrumento é essencial aos nutricionistas, especialmente àqueles que lidam com a nutrição esportiva.

Software de nutrição

software de nutrição é outra ferramenta que pode ser interessante para o atendimento no consultório. Com ele, é possível ter um controle maior de questões práticas que surgem no dia a dia, como as calorias ou composição de determinado alimento.

A tecnologia ainda permite um monitoramento mais próximo dos clientes e a elaboração de planos alimentares. Ou seja, é um instrumento que serve para a organização, mas também para a otimização do trabalho do profissional.

Móveis, objetos de decoração e materiais de escritório

O consultório é o seu cartão de visitas diante dos clientes, por isso, ele precisa estar bem montado e esteticamente bonito! Logo, é necessário investir em móveis, como cadeiras confortáveis, mesas e sofás de espera.

É imprescindível, também, lembrar das estantes, as quais podem conter, por exemplo, diversos objetos de decoração ligados à profissão de nutricionista! Posicionar, ainda, fotos com a sua família é uma boa ideia, uma vez que elas passarão simplicidade e credibilidade ao cliente!

Detalhes como tapetes e revistas para que os clientes possam ler enquanto esperam são muito bem-vindos! Não podemos deixar de destacar, ainda, os materiais de escritório, como blocos de notas personalizados, canetas, cartões, carimbos, agenda, computador e impressora.

Dependendo de sua especialidade, será necessário acrescentar alguns equipamentos especiais, como uma balança que meça acima de 150 kg ou uma balança específica para bebês.

Um consultório bem equipado é bem-visto pelos clientes e é fundamental no processo de fidelização. Por meio dele, é possível passar mais confiança às pessoas, além de mostrar a elas sua preocupação com a qualidade do atendimento, visto que as ferramentas auxiliam na maior precisão do trabalho.

Com o tempo, é claro, a lista de equipamentos pode ganhar novos instrumentos! Porém, esses aqui apresentados são o básico para quem deseja começar um consultório com o pé direito.

E aí, gostou? Para continuar lendo conteúdos sobre nutrição, assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail nossos artigos exclusivos!

Comentar