fbpx
Covid-19 Nutricionistas

Covid-19: Recomendações para os nutricionistas

Segundo o Ministério da Saúde, foram registrados diversos casos do COVID-19 (corona vírus) em várias cidades brasileiras. Por isso, o país busca soluções estratégicas para suavizar os danos que podem ser causados pela epidemia.

Como sabemos, no dia 20 de março se inicia o outono. Na maior parte do Brasil, essa estação pode trazer quedas nas temperaturas e aumento de doenças respiratórias. Com isso, as consequências do COVID-19 podem ser exacerbadas.

Por isso, desde já, vale seguir algumas recomendações, que serão apresentadas a seguir.

COVID-19: como prevenir o contágio e a propagação

  • Lave as mãos com água e sabão durante, pelo menos, 20 segundos
  • Use álcool em gel ou outro desinfetante para as mãos, quando não for possível lavá-las
  • Lembre-se de lavar as mãos antes de manusear alimentos ou de se alimentar
  • Cubra o nariz e a boca com os cotovelos ou lenço de papel, ao tossir ou espirrar; jogue o lenço no lixo e lave as mãos novamente
  • Evite aglomerações, se estiver doente
  • Em caso de sintomas, use máscara
  • Mantenha os ambientes ventilados
  • Limpe os objetos e superfícies que são frequentemente tocados, em casa ou no trabalho
  • Não compartilhe objetos pessoais, como copos, pratos e talheres.
  • Evite contato próximo com pessoas com sintomas de gripe.
  • Reagendar atendimento de pacientes que refiram sintomas de gripe
  • Se possível, trabalhe em casa
  • Evite o transporte público, principalmente em horários de pico
  • Evite reuniões em espaços públicos, como cinemas, bares e restaurantes. As reuniões podem ser feitas pela internet, por chamadas de vídeo, WhatsApp e redes sociais.

COVID-19: recomendações do Conselho de Nutricionistas

É responsabilidade do nutricionista ficar atento às informações falsas, ou fake news, que circulam, principalmente nas redes sociais, sobre recomendações milagrosas, que envolvem alimentos e nutrientes.

Em nota, o CFN, Conselho Federal de Nutricionistas, informou que não há protocolos técnicos e nem evidências científicas em relação às terapias milagrosas. O que já se sabe são os benefícios da alimentação saudável.

Neste momento, é importante recordar o Guia Alimentar para a População Brasileira. A alimentação variada e equilibrada, rica em micronutrientes, minerais e vitaminas, comprovadamente, auxilia a diminuir os riscos de doenças.

COVID-19: recomendações para nutricionistas

Durante a epidemia do COVID-19, é imprescindível que o nutricionista se mantenha informado, a partir de fontes seguras e confiáveis. As informações falsas devem ser combatidas.

Ao compartilhar informações sobre alimentação e nutrição, o primeiro requisito é seguir os termos do Código de Ética e Conduta do Nutricionista.

É responsabilidade do nutricionista repassar informações aos seus clientes sobre os princípios da proteção ao corona vírus.

Se pretende realizar o atendimento clínico não presencial, o nutricionista deve seguir as resoluções do Art. 36 da Res./CFN 599/2018.  

Os profissionais que mantiverem atendimento presencial devem seguir as orientações do Ministério da Saúde e Autoridades Sanitárias, em relação a proteção individual e quarentena.

Alguns planejamentos essenciais para o nutricionista auxiliar a população, dentro de suas funções, incluem:

  • Suprimento adequado de alimentos e produtos para alimentação enteral e parenteral dentro de hospitais e instituições de saúde;
  • Priorização de recursos de alimentação e nutrição para idosos em instituições de longa permanência;
  • Informações e auxílio para idosos na obtenção de alimentos;
  • Planejamento para ausência de funcionários nas unidades de alimentação e nutrição;
  • Gestão remota e possibilidade de trabalho a distância para funcionários e nutricionistas;
  • Otimização do tempo no trabalho, com processos mais efetivos para a realização de tarefas;
  • Potencialização do escopo da prática; o aprendizado e aplicação de novas atividades podem maximizar o auxílio no atendimento de pacientes graves.

Se você tiver comentários e informações que venham beneficiar, ensinar e contribuir para o trabalho do nutricionista, nesses tempos de crise, encaminhe para nós!

 

 

Deixe seu Comentário

Comentar